Aldo Pereira

Chegou a hora.

Por Aldo Pereira há 2 meses

Já há alguns anos os "amigos espirituais" vem avisando de uma aceleração no processo de transição do planeta para que se cumpra a era da regeneração. Na verdade, isso já fora alertado pelo espírito da verdade, via Allan Kardec, em obras póstumas. Lá, o aviso é claro para o aumento da agitação social, dos suicídios de pessoas de ainda pouca idade e alguns outros fatos. Os espíritos, alertavam que na transição o espírito, mesmo encarnado, se revelaria na essência. Isso já está acontecendo. O radicalismo toma conta do planeta e não está mais sendo possível "disfarçar". Tudo começa a ficar "as claras". Veremos, cada vez mais espíritas, católicos, evangélicos, muçulmanos etc, se despindo da máscara e mostrando a sua verdadeira face. A defesa que faziam era apenas uma casca, agora passa a aparecer a essência. Veremos, líderes das mais variadas doutrinas, abandonando o amor incondicional ao próximo, pregado por todos os mestres, para a defesa individualista, dividindo o povo entre bons e maus, amigos e inimigos. Não existe mais disfarce. Os professores da lei, os hipócritas, estão assumindo sua identidade. Trata-se de um processo natural, necessário e que serve como prova para aqueles que ainda se mantém fiéis seguidores do "verbo". Vai piorar e muito, mas será para melhor. É que não é possível vislumbrar o fim. Será esposo contra esposa, pai contra filho, vizinho contra vizinho. A essência do espírito se revela e com isso a nossa necessidade de amar o próximo, independente de sua posição. É chegada a hora. Vamos seguir os mestres ou defender o nosso passageiro "humano"? Vamos adotar lado ou vamos amar quem divide e se manter em paz na divisão. Tudo se encadeia no universo. Não existe erro na obra geral. "Bem aventurados os de olhos fechados", eles não enxergarão maldade em seu irmão e entenderão que tudo se encaminha para o bem em substituição ao bom. O ser em detrimento do ter. Nesse momento, vai um conselho. Submeta tudo ao ensinamento dos mestres. Se a mensagem passada, por carnado ou desencarnado for contrária aos ensinamentos, não sofra, trata-se de uma visão humana, limitada aos valores ditados pelo ego e não a verdade universal. Verdade universal é aquela que vale para todos e em todos os tempos. A opção será sua entre amar ou condicionar o seu amar, mas o alerta permanece e Deus, que tudo sabe, dará "a cada um segundo as suas obras". Dar o direito ao próximo de ser, estar e fazer livremente. Eis a grande caridade.

*Um velho amigo.