Aldo Pereira

Ganhar ou ser feliz?

Por Aldo Pereira há 2 semanas

Na verdade, ninguém vai a um centro ou a uma igreja para dizer: ‘Deus eu não quero ganhar isso. Pode dar para outro’. Já viu alguém fazer isso? Claro que não ... Desculpe, esqueci: existem pessoas que fazem isso. Quem? Aquele que acreditam que 

ganharão alguma coisa por abrir mão em favor do próximo. Todos vão aos templos em busca de ganhar algo. Vão apenas buscar coisas para si mesmo. Essas pessoas precisam de ajuda, pois apesar se dizerem religiosas, sofrem muito. Para fazer isso, a primeira coisa que precisamos fazer é dizer a elas que perder faz parte da vida e que por isso não devem se relacionar com Deus apenas querendo ganhar. Quando o ser entende que a postura de conciliação não gera uma derrota com o um sabor amargo, mas doce, pode busca-la. Essa perda não é uma derrota, porque se trata uma cessão de parte para ganhar alguma coisa. Pode ser que a conciliação muitas vezes não traga, materialmente falando, o lucro que se esperava, mas certamente em paz e harmonia ele virá. Felicidade, aquilo que se ganha quando se entra em conciliação, é o que o ser humanizado mais busca, mas é o que ele menos encontra. As pessoas dizem que vão aos templos por que possuem fé, mas isso é ilusão. A verdadeira fé é entrega e não esperança de ganhar alguma coisa. Aquilo que resulta de uma esperança de ganhar não é fé, mas sim egoísmo.Quantas vezes num casal o marido e a esposa precisam abrir mão de coisas em determinados momentos para poderem viver em paz? Se os dois não fizessem isso, com certeza o casamento não 

duraria tanto. Esse é o grande segredo da vida com paz e felicidade: abrir mão de um lado para ganhar em outro. Não ganhar o desejado, o sonhado, o esperado, mas em harmonia, felicidade e paz. Estou falando do engolir sapo. Ninguém quer engolir, mas é preciso fazer isso, pois levando a vida a ponta de faca, com certeza cortará a mão o tempo inteiro. Não pode ser diferente, porque o outro 

também leva a vida em ponta de faca.

Espiritualismo ecumênico universal