Aldo Pereira

"Importante é o que sai do coração"

Por Aldo Pereira há 2 meses

O homem mau faz sair de seu coração as coisas más: ele acusa, calunia, julga, critica. A acusação que sai da boca de um homem que critica é gerada por sentimentos “maus”, (contrários à lei de Deus), pelo egoísmo e a prepotência do ser humano de querer ser dono da verdade, pelo orgulho de achar que tem sempre a razão... São estes sentimentos que o espírito utiliza quando seu ato demonstra a crítica como consequência.

Para que se pratique o bem para as pessoas é necessário que se utilize somente o amor. A igualdade trazida por este sentimento não deixa ninguém agir “errado” (contra as leis de Deus) com o próximo. Por este motivo, para que o ato seja bom é preciso que ele dê a liberdade completa às outras pessoas. Auxiliar o irmão é, antes de tudo, dar-lhe o direito de fazer o que ele bem quiser. O ser humano afirma que Deus lhe dá o livre arbítrio de praticar o que bem entende, mas quer tolher no seu irmão este mesmo direito. O livre arbítrio (não do pensamento ou do ato mas do sentimento) é dado por Deus e ninguém pode tirá-lo de alguém. Criticar o outro é querer extinguir este direito que o próprio Deus deu. É querer saber melhor que Deus o que é o “certo” e o “errado”. Deus, Supremo Administrador do Universo permite que um espírito escolha qualquer sentimento para reagir a um acontecimento e direciona para que o ato oriundo deste sentimento seja aplicado contra aquele que merece e necessita recebê-lo. Desta forma, mantém a Justiça Perfeita no Universo e age com o Amor Sublime dando a cada um o que merece e o que precisa para a sua evolução. É esta Verdade Universal que, aplicada, acaba com as críticas. Se alguém consegue praticar algo contra você que esteja contrário ao que você considera “certo” ou “justo”, é porque Deus o escolheu para praticar isto contra você. Portanto, você merece receber este ato. Entretanto, não se trata de uma pena, um castigo, mas uma forma que Deus encontrou de fazer você “repensar” seus conceitos, ou seja, o que para você é certo ou errado. Eliminando seus conceitos e aceitando Deus como único causador das coisas universais você evoluirá espiritualmente.

Esta é a verdade universal da vida. 

Espiritualismo ecumênico universal