Denn Pires

Eu estou de dando para vc Paulo Siqueira uma resposta simples!

Por Denn Pires há 4 horas

 Eu estou de dando para vc Paulo Siqueira uma resposta simples!

Paulo Siqueira eu penso muito diferente de vc do seu grupo espirita. Paulo Siqueira todo espirito pensar! Nós espíritos não somos robôs e não precisamos de outro espirito para colocar um programa na nossa mente! Deus pai fez os seus filhos e filhas que sabe pensar. Deus pai fez todos os seus filhos e filhar ter inteligência, caráter, sentimentos, etc. Nós espíritas temos uma grande capacidade de pensar! Eu acredito nessa teoria da verdade que o nosso Deus pai fez os seus filhos com inteligência, caráter, sentimentos, etc.Podermos dizer que cada ser tem inteligência. E todos os espíritos pensa diferente de cada irmão espirita. A inteligência é uma faculdade própria de cada ser feito por nosso Deus pai.

Eu sou um espirito ou alma que pensa diferente. Muitas coisas eu não concordo com vc e o seu grupo e o seu guia espirita que se chama pai Joaquim de Aruanda. Tem pouca coisa que poço ate concorda com as teorias. Sei que cada um tem a sua bússola e juntamente com as verdades do coração que sempre vai mostra o caminho certo. Mais vejo que cada um de vcs estão jogando a velha bussola simples juntamente com as verdade do coração que receberam da vida no lixo. E receberam outra bussola evoluída e bonita e as verdades novas que o seu amigo espirito guia pai Joaquim deu para vcs todos. Eu prefiro fica com a minha velha bussola simples e juntamente com as minhas verdades do meu coração. A minha velha bussola simples junto com as minhas verdades do coração sempre vão continuar a mostra o caminho certo. A minha família é o meu ou ponto de apoio que eu tenho. Deus pai faz parte da minha família. Saiba que Deus pai nunca vai fazer os seus filhos e filhas sofrerem nessa vida. E por isso não vai acontecer nada com a minha família. Esse é meu ponto de viste e é a minha verdade do coração. Abraçooo, muita paz

Denn Pires

HISTÓRIA DE SAGRADA FAMÍLIA que foi abençoado por nosso Deus pai

Por Denn Pires há 1 dia

HISTÓRIA DE SAGRADA FAMÍLIA que foi abençoado por nosso Deus pai!

Sagrada Família é a devoção à família de Jesus de Nazaré composta por Jesus, Maria e José. A sua festa é celebrada no primeiro domingo após o Natal.

História da devoção à Sagrada Família

A devoção à Sagrada Família começou a ter grande popularidade no século XVII, quando os cristãos começaram a prestar atenção ao fato de que Jesus, o Filho de Deus, desceu do céu e se fez homem dentro de uma família. Ele nasceu numa família comum. Seus pais eram pessoas comuns, simples, trabalhadores, como tantas famílias espalhadas pelo mundo.

Maria, uma dona de casa, José um carpinteiro e Jesus, um filho exemplar e obediente. Uma família feliz e simples. Depois que os cristãos descobriram esta riqueza maravilhosa, a devoção foi se propagando com velocidade pela Europa e, mais tarde, pelo continente americano, tanto do norte quanto do sul. A festa da Sagrada Família foi instituída pelo papa Leão XIII, em 1883. Depois disso, foi estendida pelo papa Bento XV a toda a Igreja.

Modelo para toda família

Toda família é chamada a imitar as virtudes da Sagrada Família. A Sagrada Família vive por Deus e para Deus. O seu projeto é sempre fazer a vontade de Deus. A sagrada Família é a própria escola de todas as virtudes.

O Papa Leão XIII escreveu: Os pais de família têm em São José um modelo admirável de vigilância e solicitude paterna; as mães podem admirar na Virgem Santíssima um exemplo insigne de amor, de respeito e de submissão; os filhos têm em Jesus, submisso a seus pais, um exemplo divino de obediência.

Imagem da Sagrada Família

As cenas da Sagrada Família são das mais representadas nas artes, principalmente na pintura com as cenas da natividade e da fuga para o Egito. A devoção se espalhou pelo mundo inteiro, pois Maria Santíssima e São José são os maiores exemplos de união, obediência e temor a Deus.

Devoção a Sagrada Família

O papa Leão XIII disse: Quando Jesus, Maria e José são invocados em casa, é propícia a manutenção da caridade na família através do seu exemplo e trato celestial; assim, uma boa influência é exercida sobre a conduta dos membros da família; da mesma forma, a prática da virtude é incitada; e, desse modo, as dificuldades que por toda parte querem atormentar a raça humana, serão mitigadas e tornadas mais fáceis de suportar.

Maria Santíssima na Sagrada Família

Como mulher temente a Deus, sempre disse Sim: Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a sua palavra. (Lc.1,38). Acompanhando seu Filho por toda a história da nossa Salvação, Maria nos dá todos os exemplos de como seguir Jesus para chegar a Deus.

Viveu toda a sua vida dedicada a Jesus, ajudando a prepará-lo para tudo o que tinha que viver e sofrer. Estava presente no primeiro milagre nas Bodas de Caná, onde deu uma recomendação que serve para todo cristão: fazei tudo o que Ele vos disser. Esse pedido de Maria continua vivo até hoje. Que sigamos Jesus para a nossa Salvação.

Maria estava presente no início da Igreja, após a Ascenção de Jesus e continua até os dias de hoje, levando todos para o Sagrado Coração de Jesus. Maria disse em Fátima que quer a Salvação de todos. Maria guardava tudo em seu coração, e Jesus crescia em sabedoria e graça, diante de Deus e dos homens. (Luc 2.41-52).

São José na Sagrada Família

Homem justo, conforme Mateus 1:19, pai e esposo fiel, carpinteiro, trabalhador, obediente aos pedidos e ordens de Deus. Um Anjo apareceu a São José e disse: José, filho de Davi, não temas receber Maria por tua mulher, porque o que dela vai nascer é obra do Espírito Santo de Deus. (Mat 1,20)

Foi sempre o defensor de Maria e Jesus, e com o trabalho simples de carpinteiro dava sustento para a Sagrada Família. Quando Herodes quis matar Jesus, José recebeu uma ordem de Deus para fugir para o Egito para proteger Jesus, e ele obedeceu.

Trabalhador, humilde, santo, escolhido por Deus para o maior compromisso de todos, que foi dar sustento para a Sagrada Família. Homem de Deus, homem puro que respeitou a virgindade de Maria, segundo os desígnios de Deus. Exemplo de vida dedicada a Deus.

Jesus Cristo na Sagrada Família

O Filho de Deus, o Verbo Eterno que se fez carne e habitou entre nós. A prova maior do amor de Deus por nós, como diz São Paulo: Ele aniquilou-se a si mesmo deixando sua condição divina e assumindo a condição humana.

Jesus viveu uma vida comum, ordinária e oculta até se manifestar ao mundo. Foi obediente a seus pais, um filho exemplar como nos disse o evangelista Lucas. Ele viveu como filho, humano. Precisou da ternura, do cuidado e do carinho de seus pais. Durante a maior parte de sua vida terrena, Jesus viveu numa família humana comum, a Sagrada Família de Nazaré!

Oração à Sagrada Família

Ó Maria, Mãe de Jesus, avós dirijo, com profunda fé e grande devoção, a minha súplica:

Abençoai meu marido, minha esposa, meus filhos, e alcançai para eles a proteção dos Santos.

Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós.

São José pai adotivo de Jesus, rogai por nós.

Santo Anjo da Guarda, rogai por nós.

Santa Maria Madalena, rogai por nós.

Santo Agostinho, rogai por nós.

Santa Mônica, rogai por nós.

Todos os Santos e, Santas do Céu, rogai por nós.

Jesus, Filho, ouvi-nos.

Jesus, filho, atendei-nos.

Virgem Santíssima, daí a toda a minha família a paz, harmonia, amizade, amor, alegria e saúde e coragem nas provações.

De coração vos peço esta graça, (fazer o pedido), e tenho a certeza de ser atendido, por vossa intercessão e pelo poder de vosso Divino filho Jesus Cristo. Amém.

Denn Pires

Por que o Diabo nos odeia? Inveja Mortal da Humanidade.

Por Denn Pires há 4 dias

Por que o Diabo nos odeia? Inveja Mortal da Humanidade.

Primeiramente ele nos odeia porque NUNCA mais poderá ter a chance de estar em um momento de tranquilidade e paz. Desde que pecou contra Deus, a vida dele é de pura agonia mental. Minuto após minuto, ele sente um relógio cronometrando seu TORMENTO ETERNO.

Cada "Tic-Tac", é uma faca entrando em seu ser eterno, que nunca mais poderá ser redimido. Ele nos odeia porque estamos indo no caminho da luz, amor, paz, etc. Ele daria TUDO destruir a nossa paz e a nossa fé. Ele já teve varias oportunidades de se arrepender e pedir perdão a Deus por ter desejado ser como Deus um dia na Eternidade. Deus sempre vai nos proteger dos ataques do lucífer e seu demônios das trevas.

É por isso que ele nos odeia, porque podemos SER PERDOADOS de nossos pecados, ele só vai ser perdoado quando se arrepende dos seus pecados. Nós somos o foco central do amor de Deus, e isso causa uma inveja mortal nele e em todos os outros anjos caídos que terão o mesmo tormento que ele: o diabo será castigado e colocado no purgatório ou no inferno ate que aprenda a respeita o nosso Deus pai.

Se ele pudesse voltar ao tempo, não teria feito o que fez... Mas não pode, por isso nos odeia, porque dia após dia temos a CHANCE de não jogar fora a nossa Eternidade como ele fez.

Você conhece o ardis de Satanás? Você sabe quem é Satanás? Muitos podem dizer: “Eu não quero saber nada a respeito de Satanás”. Bem, isso é uma grave falta, porque todos estamos em guerra, queiramos ou não, saibamos ou não, lutemos ou não. Isso é um fato.

E apesar de nós cruzarmos nossos braços nos recusando a saber sobre os planos do Diabo, ele não faz o mesmo. Ele estuda cada segundo de nossa vida, avaliando nosso compromisso com Deus.

A alegoria que gosto de usar é a seguinte: Se você está no meio de um ano letivo, e a Escola onde você estuda lhe informa que não é mais necessária a sua presença, porque você já está reprovado por ter faltado demais às aulas. Qual seria a sua reação?

Eu diria: “Ok, até o ano que vem então!” E não apareceria nem mais um dia sequer para freqüentar as aulas, afinal, “já estou reprovado”.

Se o aluno em questão fosse o diabo ele diria: “Estou reprovado? Pois bem, virei TODOS os dias, tirarei as MELHORES NOTAS e participarei de TODOS os trabalhos!”.

É assim que ele reage. A realidade dele é a seguinte: Ele já está condenado, e NADA pode mudar isso, mas ao invés de sentar embaixo de alguma árvore e ficar esperando o castigo chegar, ele faz como o aluno que já está reprovado, porém é persistente, ele pensa consigo mesmo:

“Estou condenado? Ok,atormentarei e humilharei a humanidade, e arrastarei para a mesma condenação que me é reservada tantos humanos quantos puder conseguir seduzir.”

E por que isso? Porque ele odeia a nós, humanos (espíritos), afinal , ele errou UMA única vez, e trouxe sobre si condenação. Já nós, humanos (espíritos), pecamos, pecamos e pecamos e Deus nos perdoa, perdoa e perdoa. Porém não devemos nos acomodar a esse perdão de Deus e vivermos em pecado, pois com isso corremos o risco de ter nossa consciência cauterizada.

“Bem, cometerei esse pecado, e depois peço perdão a Deus por isso, mas jamais deixarei essa “oportunidade” passar”. E assim vamos nos afundando no vício mortal do pecado. Cuidado...

Não vos enganeis, Deus não se deixa zombar, pois tudo que o homem semear, isso também colherá. (Gálatas 6:7)

No filme “Constantine”, podemos ver em uma das frases ditas durante um diálogo, o ódio que o diabo tem de nós, seres humanos:

"Vocês receberam essa preciosa dádiva não é? Cada um de vocês recebeu a redenção do Criador: assassinos,estupradores, molestadores... todos vocês. Basta se arrependerem, e Deus os acolhe.

Em outras palavras: Em todo o Universo, nenhuma criatura pode ter tanto, só o Homem.

Não é justo. Se o bondoso Deus os ama tanto assim... eu vou torná-los dignos desse amor. Eu venho observando vocês há muito tempo. Só diante da face do horror vocês encontram o seu lado mais nobre. E vocês podem ser tão nobres... Então,vou proporcionar a dor... Vou trazer o horror, pra que possam superar isso, para que os que sobreviverem ao reino do inferno na Terra, sejam dignos do amor de Deus."

-Constantine diz: -"Gabriel", você enlouqueceu.

Lúcifer continua seu discurso: "O caminho da Salvação começa esta noite, neste momento".

(O Diálogo acima foi extraído diretamente do filme - Constantine).

Portanto, vigiemos, ele nos odeia, mesmo que não façamos NADA.

Ele nos odeia pelo simples fato de termos nascido e sermos amados por Deus, portanto, já que o ódio dele é gratuito, façamos algo pelo Senhor Jesus! Empenhe sua vida na causa de Jesus!

Não pense que se excluindo de participar na Obra de Deus, estará livre dos ataques do inferno...

E nunca se esqueça de que o diabo esta de tocai esperando um vacilo seu! O diabo é como um leão que fica de tocai esperando o vacilo da presa para da um bote mortal.

É por isso qu vcs tem que orai e vigai para fica atento com o diabo!!

Denn Pires

Por que Deus criou o diabo?

Por Denn Pires há 6 dias

Por que Deus criou o diabo?

A Bíblia não diz por que Deus criou o diabo mas diz que Deus criou tudo para ser bom (Gênesis 1:31). Deus sabe todas as coisas, então Ele sabia que o diabo iria se rebelar. Mesmo assim, Deus achou que valia a pena criar o diabo.

Deus criou o diabo para ser um anjo mas o diabo escolheu se rebelar contra Deus. O diabo tem livre-arbítrio, tal como nós. Ele foi criado para ser bom mas podia escolher se queria ser bom ou não. Quando o diabo rejeitou Deus, ele se tornou ruim, porque tudo que é bom vem de Deus.

Deus vê e conhece tudo – o passado, o presente e o futuro (Isaías 46:9-10). Por isso, quando criou o diabo (Lucifer), Ele já sabia que ele iria se tornar ruim. A Bíblia não explica por que Deus achou que era boa ideia criar o diabo, que iria causar tanto sofrimento. Mas a Bíblia diz que Deus tem um plano bom e que todas as coisas que faz e deixa acontecer fazem parte desse plano (Romanos 8:28).

A perspetiva de Deus

Para entender um pouco da razão por que Deus criou o diabo, precisamos entender algumas coisas sobre Deus:

Deus é amor (1 João 4:8-9). Ele ama todos e fica triste quando alguém se rebela contra Ele. Deus não quer que ninguém vá para o inferno (Ezequiel 18:32). Jesus nos ama tanto que morreu na cruz e ressuscitou para podermos ser salvos.

Mas Deus também é justo. Ele não tolera o mal (Salmos 5:4). Deus nos deixa escolher se O vamos amar ou não (sem poder de escolha, não há amor). Quem escolhe o mal e se rebela contra Deus não pode ficar na Sua presença. O inferno ou purgatório é simplesmente uma eternidade completamente separado de Deus, a fonte da vida e de tudo que é bom (Tiago 1:17).

Talvez Deus criou o diabo para nos mostrar que temos uma escolha. Deus não nos obriga a amá-Lo, porque isso não seria amor. No diabo, Deus nos mostra a alternativa ao Seu amor. No diabo, Deus nos mostra o que é uma vida sem Deus.

Talvez Deus criou o diabo para mostrar que Seu amor é melhor. Deus usa até as obras do diabo para mostrar como Seu amor por nós é grande! (Romanos 5:20-21) Ou talvez Deus tem um plano maior, que nós não entendemos. De qualquer jeito, com todas as escolhas erradas que nós e o diabo fazemos, Deus usa tudo para fazer algo belo.

Denn Pires

Por que Deus não destrói o diabo?

Por Denn Pires há 6 dias

Por que Deus não destrói o diabo?

A Bíblia não explica por que Deus não destruiu o diabo imediatamente mas diz que será castigado e colocado no purgatório ou no inferno ate que aprenda a respeita o nosso Deus pai.. Deus tem um tempo certo para tudo. O diabo vai receber seu castigo.

Quando o diabo se rebelou contra Deus, ele não foi destruído imediatamente. O mesmo aconteceu com Adão e Eva quando pecaram. Se Deus tivesse destruído o diabo imediatamente, Ele teria de destruir Adão e Eva (e todos que pecam) imediatamente também. Deus não gosta de ver suas criaturas perecer. Ele quer dar uma segunda chance a todos (Ezequiel 18:32).

Deus permite que o diabo continue existindo por algum tempo mas o diabo já está condenado (Apocalipse 12:12). Ele rejeitou Deus completamente, não se arrepende e leva outros a pecar. Por isso, no tempo certo, ele receberá o castigo que Deus sentenciou.

Deus ainda não destruiu o diabo porque Ele é muito paciente. O diabo será castigado no dia do Juízo Final, junto com todos que não se arrependeram de seus pecados. Esse dia ainda não chegou porque Deus não quer que ninguém pereça. Ele quer que todos tenham a chance de se arrependerem (2 Pedro 3:9-10).

Enquanto não chega o dia de seu castigo, o diabo tem poder limitado sobre a terra. Ele tenta afastar as pessoas de Deus e convida ao pecado. Mas Deus conhece tudo que o diabo faz contra Ele e Seus planos são muito maiores. Deus usa até as obras do diabo para cumprir Seu propósito! O diabo não consegue frustrar os planos de Deus (Salmos 33:11).

O diabo causa muitos problemas no mundo mas Deus mostra que Seu amor é muito mais poderoso. O diabo nos mostra como é um mundo sem Deus. Deus nos mostra como é um mundo restaurado por Seu amor. Deus não fica feliz com as obras do diabo mas Ele as usa para nos mostrar que Seu caminho é melhor (Romanos 5:20-21).

Denn Pires

O diabo existe? Quem é o diabo?

Por Denn Pires há 6 dias

O diabo existe? Quem é o diabo?

Sim, a Bíblia diz claramente que o diabo existe. O diabo é um ser criado por Deus mas que se rebelou contra Ele. O diabo quer nos destruir e tenta nos induzir ao pecado. No Juízo Final o diabo será castigado e colocado no purgatório ou no inferno ate que aprenda a respeita o nosso Deus pai.

O diabo é uma metáfora para o mal?

Não! O diabo é um espírito das trevas. A Bíblia diz que o diabo é um ser espiritual, como os anjos. Ele foi criado por Deus mas escolheu o mal. Por isso ele está debaixo da condenação de Deus. Agora o diabo luta contra Deus e tenta destruir Suas obras. Estejam alertas e vigiem. O Diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar.

O diabo não é uma entidade abstrata, é um indivíduo com personalidade. A Bíblia nos mostra o diabo conversando com pessoas, cara a cara. Ele tomou a forma de uma serpente para enganar Eva e pode se disfarçar como anjo de luz (2 Coríntios 11:14). O diabo vive na parte espiritual do mundo, podendo entrar dentro de uma pessoas e influenciar suas ações (Lucas 22:3).

O diabo é um deus maléfico?

Não, o diabo não é um deus. Ele gostaria de ser adorado como um deus mas é apenas um ser criado por Deus. O diabo é forte mas não é todo-poderoso, é inteligente mas não sabe tudo. Ele apenas pode imitar (mal) as obras de Deus.

O diabo já foi derrotado por Deus. Quando Jesus morreu e ressuscitou, ele derrotou o poder do diabo (Hebreus 2:14-15). O diabo já sabe que perdeu. No fim dos tempos, o diabo será castigado e colocado no purgatório ou no inferno ate que aprenda a respeita o nosso Deus pai.

O diabo pode controlar as pessoas?

O diabo apenas pode controlar quem o deixa ter controlo. Quem vive no pecado dá poder ao diabo na sua vida (1 João 3:8). O diabo também pode enviar seus demônios para causar problemas. Mas o diabo não tem poder absoluto sobre as pessoas. Com Jesus, podemos ficar livres do poder do diabo.

O diabo trabalha principalmente por influência. Ele traz tentação e tenta convencer as pessoas a pecar. O diabo é enganador e é muito bom mentiroso (João 8:44). Ele usa subtileza para destruir a vida das pessoas.

O diabo e o cristão

Quem aceitou Jesus como seu salvador está livre do poder do pecado. O diabo já não tem direito sobre sua vida. Com a ajuda de Jesus, podemos resistir ao diabo e rejeitar sua influência (Tiago 4:7).

O diabo não gosta quando alguém aceita Jesus e quer causar danos. Por isso, é muito importante vestir a armadura de Deus para resistir aos seus ataques (Efésios 6:11-12). Em Jesus podemos ter vitória sobre o diabo!

Outros nomes do diabo na Bíblia

Os nomes do diabo na Bíblia nos ajudam a entender melhor quem ele é. Diabo significa “acusador”. Ele acusa as pessoas, tentando levá-las ao inferno. Seus outros nomes são:

Satanás – significa adversário; o diabo está contra nós – Jó 1:6

Belzebu – significa “rei das moscas”; o diabo é o rei das coisas desprezíveis – Mateus 12:24

Belial – significa “imprestável” – 2 Coríntios 6:15

Destruidor – que em hebraico é Abadom e em grego é Apoliom – Apocalipse 9:11

Maligno – não há nada de bom no diabo – Efésios 6:16

Denn Pires

Existem anjos caídos? Eles têm nomes?

Por Denn Pires há 6 dias

Existem anjos caídos? Eles têm nomes?

Sim, a Bíblia diz que anjos caídos existem mas não fala seus nomes. O único anjo caído com nome na Bíblia é Satanás. Os outros anjos caídos são os servos do diabo, que rejeitaram a Deus.

A Bíblia não diz se esses anjos caídos são a mesma coisa que os demônios mas são todos seres espirituais virados para o mal.

Os anjos, como os humanos, têm livre-arbítrio: podem fazer escolhas. Liderados pelo diabo, alguns anjos decidiram pecar e por isso foram expulsos da presença de Deus. Esses são os anjos caídos.

A Bíblia fala que Deus prendeu os anjos que pecaram. Agora eles esperam o Juízo Final, quando serão condenados a ficarem no inferno ou purgatório para aprender a respeita o nosso Deus pai, junto com o diabo. Podemos ter a certeza que os anjos caídos são demônios, então ainda têm alguma influência sobre o mundo nos dias de hoje.

Por que a Bíblia não fala os nomes de anjos caídos?

A Bíblia não fala muito sobre anjos caídos porque essa informação não é útil. O foco da Bíblia é Deus e Sua relação com os homens, não os anjos. Os anjos caídos já foram derrotados por Deus.

Saber o nome de um anjo caído não nos vai ajudar a vencê-lo. O nome que realmente precisamos conhecer é Jesus Cristo, contra quem nenhuma força do mal pode resistir (Filipenses 2:9-11). Esse é o principal que precisamos saber sobre anjos caídos.

A Bíblia nos avisa a não cair no pecado de cultuar anjos (Colossenses 2:18). Os anjos, sejam bons ou maus, são seres criados por Deus, como você e eu. Não têm o poder de Deus e não devem ser adorados nem reverenciados. A Bíblia provavelmente não fala os nomes anjos caídos para não cairmos na tentação de invocarem ou adorarem.

Que outros nomes tem o diabo?

Os nomes do diabo na Bíblia nos ajudam a entender melhor quem ele é:

Satanás – significa acusador – Jó 1:6

Destruidor – que em hebraico é Abadom e em grego é Apoliom – Apocalipse 9:11

Belial – significa imprestável – 2 Coríntios 6:15

O que são anjos?

Anjos são espíritos criados por Deus. Eles louvam e servem a Deus e ajudam os santos (Hebreus 1:14).

Amem!!

Denn Pires

O que Deus diz sobre livre-arbítrio?

Por Denn Pires há 6 dias

O que Deus diz sobre livre-arbítrio?

A expressão livre-arbítrio não aparece na Bíblia, mas Deus dá ao homem capacidade de escolher e responsabiliza os seres humanos por cada um dos seus atos, mesmo nunca tendo falado especificamente sobre livre-arbítrio.

Se entendermos a expressão livre arbítrio como a capacidade que todos os seres humanos têm de escolher e tomar decisões que produzem um efeito real e alteram situações, sim, Deus fala sobre isso e podemos ler na Bíblia sobre esse tema.

Logo no segundo capítulo da Bíblia, no livro de Gênesis, Deus fala com Adão, dizendo que ele tinha uma escolha, a de não comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Comendo, ele morreria (Gênesis 2:16-17).

Isso significa que segundo a Bíblia, seres humanos não são robôs mas sim seres capazes de tomar decisões reais que afetam suas vidas e as vidas de outros ao seu redor.

O livre-arbítrio e a soberania de Deus

A Bíblia nos ensina que Deus é soberano, que nada acontece que não tenha sido determinado por sua vontade (Isaías 55:11). E vemos até que o próprio Deus endureceu o coração do faraó para não deixar o povo de Deus sair do Egito. Isso parece entrar em conflito com o nosso livre-arbítrio, mas não é o caso.

A nossa capacidade de escolher e a soberania de Deus são apresentadas na Bíblia como duas verdades que, embora possam parecer contraditórias a nós, caminham, na realidade, lado a lado.

Então, será que somos verdadeiramente livres nas escolhas que fazemos, se Deus é soberano sobre todas as coisas? Não será isso injusto? Se Deus manda em tudo, como é que Ele pode nos responsabilizar pelas escolhas que fazemos? A resposta do apóstolo Paulo para esse tipo de pergunta está em Romanos 9:19-20:

Mas algum de vocês me dirá: "Então, por que Deus ainda nos culpa? Pois quem resiste à sua vontade?" Mas quem é você, ó homem, para questionar a Deus? "Acaso aquilo que é formado pode dizer ao que o formou: 'Por que me fizeste assim?'"

Deus é justo e temos que confiar na justiça dele. Pode ser difícil de entender, mas estas três coisas são verdade:

Nós somos livres de escolher;

Somos responsáveis pelo que escolhemos;

Deus é soberano sobre tudo.

Amem!!!!!

O livre arbítrio e a natureza pecadora

A partir do momento em que desobedeceu a Deus, o homem não só pecou como tornou-se incapaz de não pecar. O pecado passou a fazer parte da sua natureza.

Livre-arbítrio, por isso, não significa que podemos escolher fazer ou não fazer tudo o que queremos. Nós não podemos escolher não pecar. É isso que significa ser "escravo do pecado" (Romanos 6:6).

A boa notícia é que pelo poder do Espírito Santo, que habita naqueles que já nasceram de novo, é possível escolher não pecar (Romanos 8:7-9):

"a mentalidade da carne é inimiga de Deus porque não se submete à Lei de Deus, nem pode fazê-lo. Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus. Entretanto, vocês não estão sob o domínio da carne, mas do Espírito, se de fato o Espírito de Deus habita em vocês. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo".

Denn Pires

O que é o livre-arbítrio?

Por Denn Pires há 6 dias

O que é o livre-arbítrio?

O livre-arbítrio é o poder que temos de tomar uma decisão, sem sermos obrigados a escolher uma determinada opção. O livre-arbítrio é nosso poder de escolha. Por causa do livre-arbítrio, cada pessoa é responsável por suas ações. Deus nos deu o livre-arbítrio.

O livre-arbítrio existe?

Sim, o livre-arbítrio existe. Todas as pessoas são influenciadas por muitos fatores mas esses fatores não tiram nosso poder de escolha. Nós também influenciamos eventos. A Bíblia ensina que cada pessoa pode tomar decisões e é responsável por essas decisões.

Deus nos ama e nos deu livre-arbítrio para podermos O amar também. Só uma pessoa com livre-arbítrio consegue amar. Nós não somos “bonecos ou robô” que Deus usa para brincar. Ele nos concedeu livre-arbítrio porque somos especiais para Ele.

Mas o livre-arbítrio implica responsabilidade. Nossas ações têm consequências e somos responsáveis por elas. Livre-arbítrio não significa que podemos fazer coisas erradas sem pagar o preço. Nossa liberdade é limitada pelas regras de Deus (Romanos 2:6-8).

Deus sabe o que vou escolher?

Sim, Deus sabe todas as coisas. Ele dá poder de escolha mas também consegue ver a decisão que você vai tomar. Isso não significa que você não tem livre-arbítrio. Deus sabe suas escolhas mas é você quem as toma. Deus trabalha com as decisões que tomamos para cumprir Seus planos (Romanos 8:28). É um pouco como um jogador profissional de xadrez que consegue prever as jogadas do oponente e usa essa vantagem para organizar sua estratégia. Ao mesmo tempo somos livres para escolher e Deus está no controle.

Denn Pires

O que é tentação?

Por Denn Pires há 6 dias

O que é tentação?

   Tentação é um convite para pecar. Ela cria o desejo de pecar. A tentação vem do diabo, vem de outras pessoas e vem de dentro mas nunca vem de Deus.

Tentação é tentar levar uma pessoa a pecar. “Vende” a ideia do pecado, fazendo parecer bom para você. A tentação diz: “você quer pecar, você precisa pecar, não tem problema se você pecar”.

De onde vem a tentação?

Do diabo – o diabo quer nos destruir, levando-nos ao pecado; ele tentou Adão e Eva e eles caíram no pecado

De outras pessoas – algumas pessoas nos convidam ou pressionam a fazer o que é errado; isso é tentação

De dentro – nossa natureza humana nos convida a pecar diante de algumas situações, porque somos imperfeitos – Tiago 1:14

A Bíblia diz que a tentação nunca vem de Deus. Deus odeia o pecado e nunca convida ninguém a pecar (Tiago 1:13). Ele permite situações em que temos de escolher entre o bem e o mal (provações) mas Ele nunca nos tenta a pecar. Deus nos ajuda a resistir à tentação.

Não é pecado ser tentado. Jesus também foi tentado mas nunca pecou (Hebreus 4:15). Apenas é pecado quando não resistimos à tentação. Mas não devemos tentar outra pessoa ao pecado de propósito. Convidar outra pessoa a pecar é errado.

Como resistir à tentação?

Todos somos tentados. É bom evitar situações de tentação mas não podemos evitar tudo. Por isso, a Bíblia nos mostra como resistir à tentação:

Pedindo ajuda a Deus – não estamos sozinhos na luta contra o pecado; na oração do Pai Nosso, Jesus nos ensinou a pedir a ajuda de Deus para não cair quando somos tentados – Mateus 6:13

Com a palavra de Deus – Jesus resistiu ao diabo citando a Bíblia; é importante conhecer as verdades da Bíblia e confiar mais nelas que nos argumentos da tentação

Dizendo “Não!” - muitas vezes nem tentamos resistir! Não podemos ficar passivos; quando reconhecemos uma tentação, precisamos rejeitá-la – Tiago 4:7

Fugindo – Deus sempre nos dá uma forma de escapar da tentação; às vezes (como no caso da imoralidade sexual) isso significa fugir da situação – 1 Coríntios 10:13

Resistir à tentação pode ser difícil mas Jesus está do nosso lado para nos ajudar (Hebreus 2:18). Nem sempre fazemos o que é certo e caímos em tentação. Quando isso acontece, podemos pedir perdão a Deus e aprender com nossos erros. Deus perdoa quem se arrepende e ajuda quem quer mudar de vida.Amem!