Milton Fiorillo

O DEUS DA VIDA

Por Milton Fiorillo há 4 anos

Houve um tempo da presente encarnação, em que "eu" comandava tudo ao meu redor, tudo era do meu jeito. Eu era o "senhor" da minha vida.

Quanta energia gasta por não saber que não controlamos nada, não executamos nada, não conquistamos nada, pelo menos na trama que envolve a nossa existência na Terra. Sim, falo na trama, porque se escolhemos nosso gênero de provas, escrevemos o nosso livro da vida, e dele nada se altera.

Já havia estudado o Livro dos Espíritos por vezes, e não me dera conta de que Deus é a causa primária de todas as coisas, a inteligência suprema que a tudo avalia com máxima competência, a justiça perfeita, que dá a cada um segundo a suas obras, com amor sublime.

Nem mesmo os pensamentos são nossa criação, conforme a questão 459 do mesmo livro.

Atualmente busco assistir a vida, e louvar a Deus em todas as situações que a vida me apresenta, porque são uma emanação de Deus através dos instrumentos que Ele utiliza para atingir os seus fins, os seus filhos, espíritos que colaboram para a obra geral estejam eles em que situação estiverem, encarnados ou não.

Irmão a vida acontecerá, independente do que você deseja para ela, visando sempre a elevação do espírito, e não os prazeres humanos.

Ontem eu era o deus de minha vida, hoje eu tenho Deus como a causa da minha vida, ou seja aquele que determina a trama, e eu assisto e agradeço em louvores. Sou feliz, mesmo quando não estou!