Aldo Pereira

O espírito e o passarinho

Por Aldo Pereira há 2 meses

O que precisa o passarinho para voar?

Muitos dirão que precisa de asas, de ar, mas ele pode ter tudo isso e não voar, se não tiver coragem de "se jogar" do ninho. Se o pássaro raciocinasse, avaliaria os riscos, a possibilidade de um predador, um acidente e muitos não voariam. Os animais, movidos pela sua essência, que é o instinto, se jogam do ninho, independente dos riscos, já que sua natureza é voar.

A vida do ser que deseja alcançar o espiritual é semelhante. Ele pode ter tudo que necessita para alcançar ( e tem ), mas se não tiver coragem de se jogar do "ninho" humano, jamais será espírito dentro de uma consciência espiritual. No máximo um humano sem carne. Mas o espírito está ligado a um ego e esse ego quer ganhar. Não só ganhar, mas ganhar agora. Ele é imediatista. O ser humanizado tem medo de se jogar na vida. Ele calcula os riscos esquecendo que o maior dos riscos é permanecer humano. Se nega a mergulhar na essência, que é espiritual. O espírito que não quer abandonar o humano seria como o pássaro, que por medo, não quer voar.