Aldo Pereira

O mundo espiritual não é melhor.

Por Aldo Pereira há 1 semana

Nem pior. Quem está apegado a coisas deste mundo (a natureza, uma bebida, uma música, etc.) sofre quando chega no mundo espiritual, pois lá não tem nada disso. Por isso, quando há a expectativa de uma vida melhor no outro mundo é porque se coloca nela tudo o que se gosta daqui, principalmente as coisas que não consegue ter aqui.

Já repararam que pessoas querem morrer para poder encontrar a paz? Porque têm esta esperança? Porque não a possuem aqui. Mas, encontra-la lá, neste caso, é impossível. A paz é o resultado do trabalho por ela, não trabalhando aqui, não a encontrará lá.

De nada adianta ter esperanças de encontrar algo melhor no outro mundo. Como já disse, o motor que move a existência eterna, encarnado ou não, é o carma. Por isso, quem ainda não aprendeu a viver o que tem aqui hoje como o melhor para si mesmo, dificilmente encontrará o melhor lá.

Não importa o que seja, se há a projeção de algo para a outra vida, ainda se está preso ao egoísmo, ao individualismo. Deixe-me lhe dizer algo: a outra vida não é melhor nem pior do que essa. Ela é diferente. O atributo melhor ou pior das coisas é você quem determina. Portanto, se chegar lá e achar melhor, será, se achar pior, também será.

Espiritualismo ecumênico universal